O que é que Pipa tem?

Onde foi a primeira vez que você surfou? – Num mesmo dia, entre a praia do Madeiro e a do Amor <3
em daí o amor antigo que guardo no peito.

 

*Este é o primeiro de uma série de posts sobre a cidade.

Praia do Amor (ou dos Afogados) vista de cima

A Praia da Pipa, localizada a 80km de Natal e no maior santuário ecológico do Rio Grande do Norte, nos entorpece com variações contemplativas para todos os estilos de visitantes, misturando águas mornas e claras com falésias, dunas e natureza. As praias são moradia de golfinhos e tartarugas marinhas, onde a areia branca completa o cenário natural que nos tira o ar. 

Fim de tarde calminho, pelas falésias

Bem antigamente, Pipa (sou íntima :P) era uma sossegada aldeia de pescadores, até que as boas ondas, a água morna e o visual serviram como imã para surfistas, que começaram a chegar de todas as partes do mundo. Chegaram surfistas e, com isso, os turistas. Hoje em dia, é capaz de ouvirmos menos português do que espanhol, por exemplo, já que a cidade está tomada de turistas e de ex-turistas, que foram chegando, ficando, ficando e, hoje em dia, moram na cidade “encantada”.

Pa-ra-le-le-pí-pe-dos

 

É famosinha por ter uma das noites mais badaladas do Rio Grande do Norte, onde, no anoitecer, podemos ver a Avenida Baía dos Golfinhos (a rua principal) se encher de vida, de gente, de cor. Existem diversos restaurantes, inclusive muitos deles de gastronomia internacional. Barzinhos e discotecas sempre estão cheios, seja em baixa (nunca é tão baixa assim) ou alta estação.

Historinha: 
"O nome "pipa" deve-se ao fato de que os portugueses ao passar de navio pelas proximidades avistaram uma pedra que lembrava um formato de uma pipa. Pipa, em Portugal, é a denominação mais usual para barril de vinho ou de azeite, forma que a pedra fazia lembrar."

Falei de badalação, ainda que tenha falado sobre calmaria. Tem Pipa pra todo mundo! Para aqueles que estão buscando paz e também para os que querem badalação; tem pra quem quer pegar onda (eu!), mas também tem praias de água bem calminhas – na maré baixa, formam-se piscinas naturais; tem prainha pra solteiros e pra famílias inteiras. Só não tem Pipa pra quem estiver de baixo-astral: quer dizer, não tem como ficar de mau humor por ali.

Sim. Pipa, em Tibau do Sul (RN)

Não é nenhuma novidade estar entre as praias mais bonitas do Brasil! Revistei a cidade, em 2015, e ela quase significa um convite de acolhimento de tanto prazer que temos em desbravá-la. E num é que dá vontade de largar tudo e morar ali durante um tempo? 

Como chegar

Pipa é bem próxima de Natal (80km), mas, quando fui, foi melhor chegar por João Pessoa, de avião.

O próprio táxi que nos levou de JP a Pipa nos disse que é muito mais rápido se comparado com Natal, já que o caminho mais curto da capital do Rio Grande do Norte ainda não está pronto, o que nos obriga a entrar na cidade e só depois pegar a BR-101. Já quem vem do sul (João Pessoa, Recife, etc), já pega a BR-101 até Goianinha.

Negociamos a ida e a volta com o mesmo taxista e não saiu mais de 250 reais (em agosto de 2015).

Ônibus (vindo de Natal)

Existe o ônibus da empresa Oceano, um transporte tipo executivo (sem ar-condicionado) que para algumas vezes no caminho, já que ele atendo também os moradores entre Pipa e Natal. A viagem dura duas horas aproximadamente.

Carro

BR-101 sempre em mente, vindo do norte ou do sul. Siga até Goianinha e, a partir daí, deve seguir mais 25km em uma estrada mais lenta, passando por Tibau do Sul até chegar a Pipa.