La diada de Sant Jordi: São Jorge!

Bienvenidos, jovens amantes, onde quer que vocês estejam!

Durante o mês de abril, celebra-se o dia de Sant Jordi (ou, em português, São Jorge), o santo padroeiro de Barcelona. La diada de Sant Jordi também é conhecida como o "dia dos amantes", sendo comparado algumas vezes ao dia dos namorados, inclusive mais latino em relação ao resto do mundo. O motivo? É o dia das rosas e dos livros! Os homens dão uma rosa às suas "novias" e, em contrapartida, as mulheres dão um livro aos seus "novios" para celebrar este dia.

Sim, eu prefiro ganhar livros a rosas! Porém, a tradição da troca só de rosas no dia de São Jorge vem desde o período medieval devido à crenças populares, e a de livros já faz parte de um costume mais recente, nascida no início do século passado, para homenagear dois dos melhores homens da literatura: Cervantes e Shakespeare (Espanha - Inglaterra) que morreram, ambos, em 23 de abril de 1616.

Nesta época, Barcelona já desfruta de um clima incrível de primavera, típicos da região, com céu azul e temperaturas amenas. A cidade já está verde após o inverno e as ruas ficam lotadas de editoras e livrarias com seus stands de livros e rosas. Um dia de amor e cultura, literalmente. As ruas principais são as Ramblas e a Rambla de Catalunya, que registram milhões de vendas de rosas e livros no final do dia. Fica até difícil encontrar uma mulher sem uma rosa nas mãos e um homem sem um livro.

Mesmo não sendo um feriado oficial, todos querem dar uma escapadinha para sentir o amor no ar. Vale a pena andar pelas ruas e observar as pessoas. Se você não tiver um novio ou novia (namorado ou namorada, em português), ainda há várias coisas para aproveitar: assistir a dança nacional da Catalunha, a Sardana, que acontece durante o dia na Plaça Sant Jaume; fazer parte das manifestações pelas ruas; assistir a leitura de livros pelos próprios autores em diversos cafés; observar as diversas performances de músicos e artistas em diversas ruas e praças da cidade. Ou então...

Aproveite para participar de um movimento criado há 3 anos e que toma conta das ruas: Comprar sem dinheiro é possível! São 1.010 livros que vão ser vendidos por "telefone para a sua mãe e diga que a ama", "inscreva-se em uma dança de rua" ou até mesmo "Seja um doador de órgãos". São gestos simples que deixam este dia ainda mais bonito. Ah! E se você quiser ser um doador de livros também é possível. Eu tenho vários aqui que vão ser doados no próximo dia 23 por um gesto mais bonito no planeta.

 

CURIOSIDADE:

A UNESCO declarou o dia 23 de abril, o dia nacional do livro. Além do mais, este é o único dia que o Palau de la Generalitat (O edifício do Governo Catalão) abre suas portas. E de graça! Você pode apreciar a construção gótica cheia de enfeites com rosas criadas para homenagear Sant Jordi. Um dica? Vá bem cedo!