Ilhas Cabrera - Um inferno que virou paraíso

Cabrera - Mallorca

Paisagem idílica por excelência, o arquipélago de Cabrera é um grupo de ilhas que estão localizadas a mais ou menos 45 minutos de barco do sul de Mallorca. Com uma flora e fauna riquíssima, é um verdadeiro paraíso para os amantes da natureza e do mergulho.

Praia deserta Cabrera

Alguém diria que todo este paraíso teria um passado negro? Pois tem. Além de ter servido como base pirata nos séculos XIII e XIV, durante a Guerra da Independência Espanhola, os soldados das tropas de Napoleão foram feitos de prisioneiros na ilha durante mais de 5 anos, embora não existisse nenhum edifício para ser chamado de prisão. O isolamento da área era a o próprio cativeiro e sua falta de recursos fez com que menos da metade dos soldados seguissem vivos até o final da guerra.

Entre outras histórias de um passado ruim, surgiu uma boa: Cabrera foi declarado parque nacional marítimo e terrestre em 1991 devido a conservação que conquistou pelo seu isolamento. A paisagem litoral é considerada uma das mais preservadas da costa espanhola.

Praia deserta

O ideal é fazer uma excursão de um dia inteiro, saindo bem cedinho de “La Colonia de Sant Jordi” para ter tempo suficiente de desbravar algumas das trilhas que o parque natural oferece: o Castelo, o monumento aos prisioneiros franceses, o museu do arquipélago ou mesmo o Farol de Punta Ansiola.

Se a vontade for só de aproveitar a paisagem e descansar, sem problemas! Por que não tomar sol em alguma praia deserta e mergulhar nas águas azul-turquesa?

Em Cabrera só existe um bar-restaurante, então se preferir, você pode levar sua própria comida e bebida, com a atenção de levar todo o lixo de volta ao barco! Sendo um espaço protegido, uma multa pode ser aplicada às pessoas que sujam, pescam, caçam ou mesmo levam uma folha de árvore de lembrança.

Durante a volta a Mallorca, o barco para na “Cueva Azul”, uma gruta marinha que tem a água de um azul mais intenso e transparente pelos reflexos do sol refletindo nas paredes de pedra. Dá tempo de dar um mergulho. E vale a pena!

Cueva Azul