Experimentei o Jamie Oliver in Dublin

Adoro quando as coisas acontecem assim, sem planejar :) 

Tudo começou quando estava voltando de uma viagem que incluiu Paris, Amsterdam e Brugges - e que ainda contou com o King’s Day (vai vendo haha). Chegando em Dublin, nos prometemos: “vamos fazer uma dietinha pós-férias porque o negócio tá pegando :P”. Com a ideia de limpar o organismo, resolvemos fechar com chave de ouro no Jamie Oliver em Dublin, que é, na verdade, o Jamie’s Italian. 

Eu me encantei com filosofia da marca, inspirada (óbvio :) ) nos costumes italianos e sua maneira de encarar la vie: amor, paixão e entusiasmo pela comida, pela família e pela vida, sem interessar muito de onde vieram as pessoas, se são ricos ou pobres. 

De acordo com o próprio chefe-estrela, o que ele mais gosta em relação aos italianos é que mesmo tendo os melhores fashion designers e os melhores carros do mundo, eles conseguem manter um senso único de tradição e a atmosfera de cidadezinha, o clima rústico. É exatamente isso que encantou Jamie Oliver desde pequeno: boa comida pra todo mundo. 

Existem várias informações sobre as inspirações e a filosofia que podem ser encontradas no site (http://www.jamieoliver.com/italian).

Uma geral do restaurante

Uma geral do restaurante

Logo que cheguei ao restaurante, me senti MUITO confortável, como se estivesse num restô/lugarzinho da minha própria vizinhança. O serviço eficaz, informal e ao mesmo tempo respeitador foi imprescindível pra que eu decidisse passar umas boas horas por ali. E o melhor de tudo: além de me sentir em casa, a combinação do sabor dos pratos com o preço condiz com a filosofia do Jamie’s Italian que citei antes: comida gostosa, acessível e sem preconceito. Ponto pra nós! 

O restaurante tem uma rotatividade enorme. Ficou lotado durante todos os momentos que estivemos por lá sem perder a eficiência. Dos diversos garçons que estavam ali, não observei nenhum que não estivesse com um sorriso no rosto, pronto a suprir às necessidades de cada cliente ali presente. Sempre solícitos (até mesmo quando não eram chamados), nos surpreendiam antecipando nossas vontades com um: “Está tudo bem? Precisam de alguma coisa?”

A decoração me agradou e acredito que foi essencial pra que este clima de "casa" permanecesse. Fora isso, existe um detalhe que não poderia deixar de comentar: as paredes grafitadas! Gamei tanto que decidi ali mesmo que terei uma dessas na minha futura casa :) Confiram na galeria de fotos mais abaixo. 

Entradinha maravilhosa: pimentões recheados com atum e ricota <3

Entradinha maravilhosa: pimentões recheados com atum e ricota <3

A quem interessar, pedimos o "preferido do dia" do Jamie Oliver que era o Peru à milanesa recheado com prosciutto & fontal e ovo frito com trufas. Finalizamos com uma tábua de queijos que nem tem no cardápio e eles preparam só porque pedimos. 

Quando pedimos o prato principal, devemos pedir os acompanhamentos que se encontram logo ao lado no menu. Para o meu deleite, eles tinham salada de vagem e quem me conhece sabe que eu amo vagem mais que TUDO. Lambi os dedinhos ;)

Vocês usam snapchat? Eu sim (mayrajinkings) e sempre que visito um lugar novo, seja restaurante, cidade, atração turística ou o qualquer "zueira", eu posto por lá. Me adicionem :)

Aqui abaixo o vídeo que fiz no dia e postei no snap (por isso a qualidade não está lá essas coisas)
 


Endereço: Jamie's Italian
Unit 1
Pembroke Distric
Dundrum Town Centre
Dublin 16

Horário de abertura 
Domingo a quarta de 12:00 até o último cliente (sem hora pra fechar)
Quinta a Sábado de 12:00 às 22:30

Se quiser reservar, pode fazer pelo site mesmo ou ligar pra: 012980600. Ou então, aparece de cara que não tem problema.