Museu de História de Barcelona (MUHBA)

O Museu de História de Barcelona (MUHBA) é um conjunto de museus espalhados pela cidade que conservam a história e o patrimônio histórico de BCN. Ele agrupa vários centros patrimoniais distribuídos pelos bairros, exatamente no lugar onde existiram, onde fizeram e fazem parte da história.

Por exemplo: o MUHBA Via Sepulcral Romana representa os restos de uma estrada que ligava a Barcelona romana com a região que é, atualmente, Sarrià. Nos dois lados dessa via, havia diferentes monumentos funerários e podemos observar o MUHBA na Praça Vila de Madrid, no bairro gótico – tá tudo lá.

O museu completo funciona com apenas um ingresso, que dá direito a entrada em todas as unidades.

Importante: consulte o site de cada unidade para saber sobre os horários de entrada atualizados. Eis o site principal: http://museuhistoria.bcn.cat/es

Alguns dos MUHBA(s)

MUHBA Plaça del Rei

O museu está localizado em uma das praças mais simbólicas do Gótico e reúne diversos objetos encontrados durantes as escavações. Estes objetos foram encontrados durante as escavações e revelam vários períodos da histórica da ciudad.  

Quando percorremos o museu, estamos no subsolo da praça, andando pelas ruas de Barcino (Barcelona romana). Pura contemplação.


MUHBA El Call

O Call é o bairro judeu de BCN e fica pertinho da Plaça Sant Jaume. Inaugurado em março de 2015 (cheirando a leite materno!), o museu existe onde a história foi e continua sendo. É o ponto de partida para quem quer conhecer a cidade nos tempos medievais.

MUHBA Via Sepulcral Romana

Foi o exemplo que dei no texto introdutório. representa os restos de uma estrada que ligava a Barcelona romana com a região que é, atualmente, Sarrià. Nos dois lados dessa via, havia diferentes monumentos funerários e podemos observar o MUHBA na Praça Vila de Madrid, no bairro gótico – tá tudo lá.

MUHBA Templo de Augusto

Ah! Um dos meus favoritos. Eu nunca pensei que poderia encontrar colunas romanas no meio do bairro gótico. Lembro da primeira vez que me deparei, quase sem querer, com as colunas do Templo de Augusto. São 4 colunas que restaram do templo consagrado ao culto de César Augusto, construído no século I a.C.

MUHBA Park Güell

Não poderia faltar uma unidade do museu de história dentro do mais famoso parque da cidade, não é mesmo? Na Casa del Guarda, logo na entrada do parque, há uma exposiçãoo sobre Güell, Gaudí e Barcelona

 MUHBA Refugi 307

Pra mim, um dos achados imperdíveis na cidade. O refugi 307 marca um período trágico, já vivido no século XX: a Guerra Civil Espanhola.

Durante essa época, o exercito de Franco bombardeava a cidade e a população era afetada, logicamente. Devido a situação de insegurança e pânico, viram-se obrigados a construir refúgios subterrâneos. O Refugi 307 era um destes e continua “vivo” pra nos contar a história.

MUHBA Turó de la Rovira

Com vistas panorâmicas e sensacionais, o mirante Turó de la Rovira conserva uma bateria antiaérea que também foi usada durante a GC Espanhola para defender a cidade dos ataques aéreos de Franco.

O morro da Rovira fica um pouco fora de mão (talvez por isso ainda não tenha sido descoberto pelos turistas), mas vale a pena cada minuto. O final do dia com as vistas é pra lá de especial.